lugares de encontro

O Lugares de Encontro é um projeto destinado a mulheres em situação particularmente vulnerável, pela sobrecarga que a monoparentalidade traz ao associar-se à precariedade socioeconómica.

Foi desenhado após a constatação de um crescendo de situações deste tipo de situações de vulnerabilidade, referenciada pelos/as técnicos/as de acompanhamento social da instituição em conjunto com os parceiros deste projeto: Habitar S. João, Santa Casa da Misericórdia de SJM, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de S. João da Madeira – CPCJ SJM e a Divisão de Ação Social e Inclusão do Município de S. João da Madeira.

Foi constituído um grupo de mulheres que todas as semanas se encontra para conversar e experimentar coisas diferentes; atividades, conversas, experiências, propostas multidisciplinares que podem partir de cada uma das participantes e que se pretende que vão sempre ao encontro dos seus interesses e para o bem-estar.

Às terças e quartas-feiras, das 18h30 às 20h, têm sido criados lugares de encontro, confiança e de sororidade para as mães, enquanto os/as filhos/as também têm a oportunidade de desenvolver múltiplas atividades criativas desenvolvidas pelo Serviço Educativo do Núcleo de Arte Oliva e pela associação.

É um projeto que dá resposta a uma necessidade para a qual não existem no terreno intervenções similares, é diferenciador e inovador, pela abordagem ao público alvo e por tentar criar laços de sororidade com as mulheres, que são por norma expostas a um maior risco de pobreza e exclusão social agravada pela sua monoparentalidade e por terem os filhos/as a cargo, também esses com maior risco de pobreza.

Tem como entidades parcerias: Câmara Municipal de S. João da Madeira, Irenne –Associação de Investigação Prevenção e Combate a Violência e Exclusão, Oliva Creative Factory , Centro de Arte Oliva, Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira, CPCJ de S. João da Madeira, Habitar S. João – Empresa Municipal de Habitação, Banco Local de Voluntariado de S. João da Madeira e Junta de Freguesia de São João da Madeira.

É financiado pela EE Grants, através do Programa Cidadãos Ativ@s – Eixo 3 – Empoderar os grupos vulneráveis, gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian, em consórcio com a Fundação Bissaya Barreto.

Subscreve a nossa newsletter

Instituição Particular de Solidariedade Social
© 2022 Ecos Urbanos - WebDesign by ¬ CASH
envelopephonemap-markersmartphone linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram