A Cultura Conjunta, promovida pelos Ecos Urbanos, em parceria com a Junta de Freguesia de S. João da Madeira e a Câmara Municipal de S. João da Madeira, e que tem como objetivo a inclusão social através do acesso à cultura, vai no próximo dia 21 de janeiro, visitar a Bienal de Cerâmica Artística de Aveiro, há 107 obras para ver, num percurso por toda a cidade.

Para além da mostra principal, com as obras que se apresentaram a concurso, o programa aposta ainda nas exposições de Alberto Vieira, Virgínia Fróis, Enric Mestre e Karen Gunderman.

Iremos começar a nossa visita pelo epicentro da exposição - o Museu de Santa Joana – onde estão expostas as 83 obras selecionadas para a final do concurso e seguiremos pelos outros museus e galerias da cidade. 30 anos depois da primeira edição, é a mais internacional de sempre.

Para esta edição, convidamos a comunidade que trabalha na Oliva Creative Factory para nos acompanhar.

Deixamos aqui todos os detalhes, para que possa juntar-se a nós:
Saída e ponto de encontro: 21 de janeiro, às 9h30 (Centro Coordenador de Transportes), chegada prevista a S. João da Madeira às 14h30;
Valor da saída: 2,00€, inclui bilhete, transporte e seguro;
Para maiores: de 6 anos
Telefones: 256824532/969849744 (das 9h às 12h 30m e das 14h às 17h 30m) ou geral@ecosurbanos.pt;

Para efeitos de seguro, precisamos de formalizar a inscrição de cada participante, contacte-nos e inscreva-se por email: geral@ecosurbanos.pt, com o assunto email: Cultura_Conjunta_21 janeiro, até dia 17  de janeiro, enviando os seguintes dados:
nome completo
data de nascimento
número de contribuinte
contacto telefónico

Saiba mais sobre a Bienal AQUI

A Cultura Conjunta é um projeto promovido pelos Ecos Urbanos, em parceria com a @Junta de Freguesia de São João da Madeira e Câmara Municipal de S. João da Madeira, e tem como objetivo a inclusão social através do acesso à cultura.

Organizado pela associação e a  Câmara Municipal de S. João da Madeira, conta, novamente, este ano com o apoio do IPDJ - I.P.  e da Junta de Freguesia de S., João da Madeira.

Nesta 25.ª edição, de três dias de programação diversificada, não há tema, mas sim uma proposta de abecedário para construir, reconstruir, reinventar… palavras que imaginamos poderem habitar no Skate Park, epicentro da semana da juventude.

Propomos um Abecedário – Manifesto para que a Semana da Juventude seja um lugar de:
A - Alegria, afetos, arte, abraços, amigues
B - Beijos, brilho
C - Co-construção, cor, chill, centro da cidade, cãominhada
D - Disrupção, diversidade, dança,
E - Energia; Ecologia, equidade, encanto, experiências
F - Festa, fluidez, futuro
G - Gostar
H - Hiphop,
I - Intensidade, inclusão, intimidade, interseccionalidade, instagram,
J - Juventude, jogo,
L - Liberdade, linguagens, labirinto
M - Música, movimento
N - Novos espaços, novas famílias e pensamentos
O - Oportunidades, ouvir
P - Próximo, política, poética, potencial
Q - Querer, quizz
R - Ressonância, resistência, rede
S - Sentir, ser, sonhos,
T - Transformação, teatro, teia,
U - Universo, utopias
V - Voz, voluntariado, vontade
W - Workshops, web
X - Xadrez
Z - Zzzzzzzz

PROGRAMA
21 DE SETEMBRO * (alterações do programa a vermelho)

18H - 18H 30m - Arte à Rua (inauguração)
Atenção: alteração devido às condições climatéricas alterado para sexta feira, dia 22 de setembro, mesmo horário mesmo local
Faixa etária: todas as idades
Intervenção realizada na envolvente do Skate Park e que irá ficar durante todo o evento.

18h - 19h - Dança de Contato Improvisação 
Workshop com Sérgio Araújo *
Atenção: alteração devido às condições climatéricas alterado para sábado, dia 23 de setembro, das 19h às 20h, mesmo local
Faixa etária: maiores de 10 anos

Criada em 1972, a dança de Contato Improvisação, consiste na improvisação de Movimentos Corporais, com princípios do Toque, a troca de peso, a relação com a gravidade e a queda. Levando em consideração os movimentos naturais, explorando mobilidade, relaxamento, movimentos não intencionais. Utilizando a linguagem da Improvisação e Consciência Corporal, com intensão no aumento das perceções dos sentidos e dos sentimentos.
*As inscrições para esta atividade deverão ser por email:  semanadajuventude@ecosurbanos.pt  com o assunto: DANÇA CONTACTO IMPROVISAÇÃO - INSCRIÇÃO – com nome, contacto telefónico, data de nascimento e NIF.

Sérgio Araujo - formação em Licenciatura Plena em Educação Física pela PUC (Pontifícia Universidade Católica de Campinas). Dançarino pela Academia de Dança Alongue-se (Jazz, dança Contemporânea, Ballet); Professor de Fitness, Ritmos e Personal Trainer. É Diretor Técnico e Coordenador Geral do Ginásio Feirense Premium em Santa Maria da Feira e Sambista/ Malandro das escolas de Samba Paulistas: Rosas de Ouro e Unidos de Vila Maria.

18h - 19h30
Atelier Labirinto Fluorescente com Alexandra Gonçalves
Atenção: alteração devido às condições climatéricas alterado para sexta feira, dia 22 de setembro, mesmo horário e local.
Faixa etária: todas as idades
Uma instalação/percurso com manipulação de diferentes materiais riscadores sobre transparência, na descoberta de novas texturas, formas e traçados, ganharam tridimensionalidade durante a noite.

20h - 22h - Posso Olhar por Ti” – Cinema ao Livre
Atenção: alteração devido às condições climatéricas - alterado local - Sala Auditório - Oliva Creative Factory,  mesmo dia e horário.
Faixa etária: todas as idades
Um filme para toda a FAMÍLIA! Crianças incríveis de Portugal, premiadas em Sydney no TITAN Film Festival. Um grupo de crianças está organizado em prol de um objetivo comum. Mas qual? Para o alcançar, desenvolvem a sua veia empreendedora, exploram os seus talentos e capacidades, falham, desentendem-se, mas não desistem. Independentemente da crença, raça, nacionalidade, basta conhecer a história de alguém para que se perceba o quanto somos todos iguais, se quebrem as barreiras da indiferença e tenhamos maior facilidade em nos ligarmos/ajudarmos uns aos outros.

22h10 - 23h00 - À conversa com… Peter Castro, Mouranitaa e Raúl Manarte - Tema: Jovens com Voz.
Atenção: alteração devido às condições climatéricas - alterado local - Sala Auditório - Oliva Creative Factory,  mesmo dia e horário.
Faixa etária: maiores de 12 anos
….O que é ter voz? Como nos podemos fazer ouvir? Como podemos encontrar a nossa própria voz? Como lidar com a linguagem de ódio, dentro e fora da política, das redes… Ter ação é ter voz? Ter voz é ter poder? Quem dá esse poder? E a saúde mental na cacofonia das vozes?
Promete ser uma das conversas mais gostosas e improváveis do ano, basta espreitar o perfil dos/as nossos/as convidados/as:

Peter Castro, produtor, Dj e figura digital, tornou-se uma figura chave da noite e cidade do Porto, notabilizando-se posteriormente pela sua presença digital onde aborda questões políticas, históricas, sociais e relacionais juntos dos seus seguidores. O seu segmento Dr Love, popularizou-se por abordar temas relacionais, sexuais de uma maneira descontraída a par da sua postura arrojada sobre temas como a monogamia e a paridade de género.
Mouranitaa ou Mourana Monteiro, 26 anos, Licenciada em Psicologia e Mestranda em Neurociências Cognitivas e Neuropsicologia
Activista Interseccional com enfoque em Justiça Climática, Saúde Mental, Participação Jovem, e Feminismo, atuando em coletivos como a Greve Climática Estudantil, a EcoPsi e a Rede 8 de Março.
Raúl Manarte, músico, compositor, fotógrafo, psicólogo do Porto e um dos mais reconhecidos ativistas pelos direitos humanos internacionais. No seu novo conceito de espetáculo a performance das músicas é acompanhada pelos vídeos que mostram a realidade no terreno. Entre elas há tempo para contar ao público as histórias de quem passou por situações limite: como estar escondido e cercado pelo Estado Islâmico no Norte de Moçambique, atender crianças esfaqueadas no campo de Mória ou entrevistar pivots de telejornal aterrorizados na Venezuela. Conhecido pelas composições forjadas no “fogo” das missões, a sua criação musical não pode deixar de ser marcada pelas realidades vivenciadas como psicólogo humanitário internacional. Exemplo disso é o tema “na Bissau” composto, gravado e filmado na Guiné Bissau durante uma missão humanitária. Um tema utilizado pela ONU em campanha de sensibilização contra a mutilação genital feminina.

22 DE SETEMBRO


19h - 20h  - Cãominhada com a Ani S.João*
Faixa etária: maiores de 10 anos
Traz o teu cão ou passeia um da Ani S. João!
A ideia é participarmos na primeira cãominhada da Semana da Juventude.
Partimos do Skate Park para um passeio circular de uma hora. Sendo que quem não tiver cão e quiser participar terá que se inscrever. A lotação é limitada ao número de cães que Ani S.João tiver na altura, que possuam todos os requisitos, e no fim, quem sabe, adotar um cão à Ani S João. Os animais que participem devem passear de trela e coleira/peitoral e placa identificativa. Pede-se especial atenção para os animais menos sociáveis de forma a evitar conflitos inter e Intra espécie. Os animais considerados de raça potencialmente perigosa deverão utilizar açaime. Existirão pontos de água para os animais.
Donativos em género são muito bem-vindos (ração seca ou húmida ou biscoitos para cães & gatos)
*As inscrições com cão deverão ser feitas para o email:  semanadajuventude@ecosurbanos.pt com o assunto: CÃOMINHADA – SEMANA DA JUVENTUDE 2023 C/ Cão – com nome, contacto telefónico, data de nascimento, nif (do dono/mãe/pai) e fotos do boletim de vacinas do seu cão/cadela atualizado, em anexo.
*As inscrições sem cão deverão ser feitas para o email:  semanadajuventude@ecosurbanos.pt com o assunto: CÃOMINHADA – SEMANA DA JUVENTUDE 2023 s/ Cão – com nome, contacto telefónico, data de nascimento, nif  - estas inscrições estão sujeitas a confirmação da Ani S.João.

19h - 23h - Desportos Radicais (slide, rapel e parede de escalada)
Faixa etária: maiores de 10 anos
Para além de música e da animação proposta para o Skate Park vais poder ter a experiência de voar sobre o que está a acontecer num slide que sai de uma parede de escalada no meio do recinto.

21h10 - 22h - Cinema de Animação – Seleção AROUCA FILM FESTIVAL
Faixa etária: maiores de 10 anos
A Semana da Juventude é parceira do Arouca Film Festival, vamos mostrar 11 curtas de animação que passaram pelo crivo do Festival, estreias, que estão a concurso nesta edição.

22h - 23h30 - Os URSOS concerto
Faixa etária: todas as idades
"Vestidos de animais como se não houvesse amanhã." Não há um concerto de Ursos igual a outro. E assim é porque nem a banda sabe o que vai acabar a tocar. Sobem ao palco um leão, um cão e um macaco - achamos que 'Ursos' terá mais a ver com a personalidade deles - e, pelo menos durante um tema, ninguém lhes vê a cara. Não têm Instagram, não lançam vídeos e fazem muita questão de manter o concerto como único cartão de visita. Os Ursos: Miguel Lestre - Voz/Baixo, João Ferreira - Guitarra e Diogo Leite - Bateria.

23h30 - 2h - DJ Catxibi 
Faixa etária: todas as idades
Catxibi/Cativo é Luísa Cativo, que no seu colorido percurso inclui ter sido uma das fundadoras das lendárias Thug Unicorn, que revolucionaram as noites do Porto e Lisboa desde o seu início em 2012. Antes disso fez parte das GRRRL RIOT também no Plano B. Atualmente explora veias musicais mais pesadas e amizades bonitas com o coletivo de Coimbra Instrumental Violence. Tem um programa mensal com Assafrão na Rádio Quântica, rádio comunitária online que une a sua paixão por música e club culture ao ativismo social, assim como da recém-criada Female:Pressure Portugal, que ambiciona abrir o diálogo sobre a falta de diversidade na música e arte no nosso país. Não se define tanto por géneros musicais, mas sim pela sua capacidade de manipular a energia e os ambientes em que toca através das suas cuidadosas seleções, tendo muito presente no seu processo criativo cada contexto onde é convidada a partilhar a sua música.

23 DE SETEMBRO


14h - 19h
DJ PULSO
Faixa etária: maiores de 10 anos
Com um percurso de mais de 18 anos, é um verdadeiro veterano na cultura hip-hop em Portugal. Desde os seus primeiros passos na dança em 2003, tem vindo a explorar várias vertentes artísticas, incluindo o DJing, o beatmaking, a produção musical e o Scratch. Com uma licenciatura em multimédia, adquiriu as ferramentas essenciais para se tornar um produtor musical de renome. A sua viagem musical começou no hip-hop, mas rapidamente se expandiu para incluir outros estilos como o Soul, R&B, Disco e House.

ROBINHO, O “HOST"
Faixa etária: maiores de 10 anos
Um dos influenciadores de beatbox em Portugal. A sua carreira iniciou em 2014 onde em 2016 começou a ser reconhecido nacionalmente, participando e exibindo a arte do beatbox em alguns canais de televisão nacionais, discotecas e festivais, múltiplos eventos e escolas, de norte a sul do país.

Showcase de TróPico
Faixa etária: maiores de 10 anos
Artista em ascensão, oriundo de São João da Madeira, já conta com alguns singles, destacando-se “3:00 AM” e “Prometeste” que são os que arrecadam mais streams no conjunto de todas as plataformas. Conta ainda com um EP de 7 faixas, de seu nome “Estrela”, lançado em maio deste ano.

Showcase de Jairo
Faixa etária: maiores de 10 anos
Artista nascido em Viseu no ano de 1999 , com apenas 8 anos veio para a cidade de São João da Madeira cidade que ainda hoje habita , estreia-se a lançar sons na internet , nomeadamente no YouTube em 2019 com o single My life , single esse que foi o início de muitos lançamentos tais como , Laginha , Caminhada , Lobo , Porquê, Notas de 100, contando também com alguns para sair mas são surpresa . Considera-se um artista humilde , empenhado e objetivo , tendo em conta que todos os sons falam de passagens verídicas na vida do mesmo

Sien Flamuri
Faixa etária: maiores de 10 anos
Alter ego de João Bandeira é um artista da zona norte, mais concretamente Gondomar. Desde muito novo que está ligado à cultura urbana e ao Hip Hop. O seu percurso começou na adolescência através do graffiti e pouco a pouco fez a transição para música. Passando por inúmeras fases sendo elas mais como produtor ou mais como artista, Sien Flamuri encontrou um equilíbrio, onde atualmente não só compõe grande parte das suas músicas como também para outros artistas. Produziu o single “Rosa Negra”, tema que lançou o artista @João Não , o single “Rusga” que foi um ponto de viragem na carreira do artista Big Jony e fez inúmeras participações como por exemplo no EP Troca-Tintas do artista Maudito, Featness de QVXNO (Keno), “Airbnb Freestyle” em parceria com a Caixa Cartão Collective, Lil Noon e Maudito, entre outros.

21h30 - 2h

Bboy Titas, 25 anos, bboy desde os 8 anos, professor e atleta, ex membro da seleção nacional de breaking.
Faixa etária: maiores de 10 anos

Bboy David Myhre, terão a oportunidade de o ver ao vivo juntamente com o Bboy Titas e ao som de B3sta.
Faixa etária: maiores de 10 anos

B3STA
Faixa etária: maiores de 10 anos
Artista da zona norte,mais propriamente s.joao da madeira.foi introduzido na cultura hip Hop através do graffiti em 2011, continuando na actividade até aos dias de hoje,mais recentemente por volta de 2019 iniciou o seu percurso na música. A sua estreia foi com a música "1312". Assume-se como um artista com foco numa escrita elaborada, assim como métricas diferenciadas.a destacar os seus 3 trabalhos mais recentes como a "smokalot" como sendo música mais conhecida do próprio ,“100 azuis" e "conta me histórias ". Singles produzidos por sien flamuri,com  participação de DJ pulso e Stag One. Co-fundador da editora St'ink Records.

23h - Phoenix RDC
Faixa etária: maiores de 10 anos
Phoenix RDC assim como a criatura mitológica que renasce das cinzas, é a voz emergente no panorama musical Hip Hop, na sua vertente storyrepper relatador da real street knowledge dos bairros. Phoenix RDC, é rapper, compositor Português e um dos artistas de hip hop bem referenciado pelo facto de tentar manter a cultura viva. Em 2019 ganhou o prémio de melhor música nos prémios Hiphopsou com o tema “Vencedor”, também ganhou dois galardões, platina e Ouro, atribuídos pela Associação Fonográfica Portuguesa. É ouvido em 79 países, no Youtube já conta com mais de 34 481 651 visualizações Ganhou Prémio Prata para Criadores 100 mil inscritos. Criador de seis Álbuns: Drama 2015. Caos 2016. Renegado 2017. American Express 2018. M.A.D H.P 2019. Vale d´Judeus 2020. Coolkid 2022.

00h - 2h -  DJ PULSO & DJ Godzi
Faixa etária: maiores de 12 anos
Terminamos a noite com a continuação do set de Pulso desta vez com a companhia de Godzi. Sendo um Bailarino/Dj, optou por começar a trabalhar em “Battles” e rapidamente ganhou notoriedade, tornando-se o Dj oficial de eventos internacionais como o “Eurobattle”, o “Marisquiño Bboy Battle”, o “Solverde Bboy Gala”, o “Betclic Breaking Battle” e “The World Battle”. Em 2021, 22 e 23, teve ainda a honra de ser o Dj da “Redbull Bc One Portugal”.
Godzi partilhou já palcos e cartazes com nomes de referência no mundo da música como Jedi Mind Tricks, Immortal Technique, Soulkast, Brahi e ILL BILL. Foi Dj convidado em Portugal para o concerto da lendária banda norte americana Onyx e de Raekwon, membro do mítico coletivo Wu-Tang Clan.

 

PROGRAMA PDF AQUI

INFORMAÇÕES GERAIS: 
Todas as atividades são gratuitas, no Skate Park
É necessária inscrição prévia nas atividades assinaladas com *
Em caso de chuva a programação poderá ser alterada.
Mais informações: telefones: 256824532 e 969849744 
https://www.ecosurbanos.pt/
https://www.cm-sjm.pt/pt/agenda
https://www.facebook.com/SJSJM

A Oficina de Artistas dos Ecos Urbanos, lança-se em novas aventuras e desta vez desafia-se na interpretação do romance de Louisa May Alcott, que revolucionou a literatura para várias gerações de adolescentes.
As Mulherzinhas, já foi adaptada dezenas de vezes, desde filmes silenciosos, a óperas, musical da Broadway, chega agora ao palco da Casa da Criatividade, no próximo dia 30 de junho (sexta feira), às 21h 30m, com uma adaptação do texto para teatro de Pedro Vieira que encena a Oficina de Artistas Ecos Urbanos.

Bilhetes à venda na Bilheteira Online (BOL):  AQUI - LINK
e  nos locais habituais:Torre da Oliva, Paços da Cultura
Junta de Freguesia,
Worten S. João da Madeira
FNAC
CTT

Sinopse:
Quando o marido parte para combater na Guerra Civil dos EUA, a Sra. March tem de educar sozinha as quatro filhas - as suas Mulherzinhas. Elas são a espirituosa Jo, a conservadora Meg, a frágil Beth e a romântica Amy. À medida que o ano passa, as irmãs partilham algumas das mais queridas e dolorosas memórias do processo de crescimento, enquanto a mãe as ensina a lidar com temas como a independência, o romance e a virtude.

"As Mulherzinhas"
Obra Original: Little Women de Louisa May Alcott
Adaptação: Pedro Nuno Vieira
Encenação: Pedro Nuno Vieira
Elenco Oficina de Artistas: Carolina Santos, Gabriela Silva, Lara Pinho, Ash Araújo, Mafalda Bastos, Maria Silva, Jack Craveiro, Sofia Dias
Produção: Associação de Jovens Ecos Urbanos

👉 Sabe mais sobre a oficina de artistas -> https://ecosurbanos.pt/oficina-de-teatro/

Cartaz em formato PDF AQUI

O VERÃO NOS ECOS 2023 está oficialmente em andamento, mas que para ser uma realidade contamos com a inscrição de crianças e jovens que queiram passar um verão diferente. Assim comunicamos que as inscrições estão abertas, estando toda a informação aqui disponível.

Julho: de 3 a 31 das 14h às 18h
Agosto*: de 1 a 31 das 09h às 17h

As inscrições para os Campos de Férias VERÃO NOS ECOS 2023, estão oficialmente abertas.

VEM VIVER O VERÃO com muita alegria e muitas atividades (Jogos lúdicos, tradicionais e didáticos + Piscina + Dança + Ateliers de Expressões + Desportos Coletivos + Desportos Radicais + Saídas Culturais + Acampamento*)

INSCREVE-TE JÁ! Faz o download das nossas fichas de inscrição, ou dirige-te à Casa das Associações (por cima do Centro Coordenador de Transportes) de segunda a sexta das 09h às 12h 30m e das 14h às 17h 30m., ou através de telefone 256824532 ou 969849744.

Consulta as Condições e Valor de Inscrição aqui
Ficha de Inscrição Julho aqui
Ficha inscrição Agosto aqui
Declarações aqui

DESCRIÇÃO
Durante as férias escolares de verão, a associação dinamiza o VERÃO NOS ECOS, atividades para ocupação de tempos livres de crianças e jovens. Atividades que deverão ir ao encontro dos seus interesses e que proporcionem momentos de desenvolvimento pessoal e social.
Para isso a associação tem o cuidado de proporcionar uma programação vasta e variada, abrangendo áreas como desporto, visitas culturais, artísticas, lúdicas e pedagógicas
Visa incentivar o potencial dos jovens na sua individualidade e importância da sua diferença na construção de um projeto comum e integrador

OBJECTIVOS
•Dinamização de atividades para ocupação de tempo livre
•Proporcionar atividades que abranjam todas as áreas de expressão
•Promover o desenvolvimento pessoal e social de todos os participantes
•Fomentar estilos de vida saudáveis
•Desenvolver relações de confiança e amizades

* Agosto CAMPO de FÉRIAS, não residencial, com registo nº98, concedido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P em 19/06/2013, em conformidade com o Art.º 5 do Decreto-lei nº 32/2011, de 7 de março

Para mais informações Contatar: 256824532 e 969849744 (das 9h às 12h 30m e das 14h às 17h 30m)

Os Ecos Urbanos estão a preparar mais um Verão nos Ecos para os meses de julho e agosto, cujas atividades se destinam a jovens e crianças dos 6 aos 16 anos.

Assim se gostas de desafios, queres ter uma experiência enriquecedora, tens tempo livre e és responsável, então esta oportunidade é para ti. Atenção à data de candidatura, porque estamos mesmo à tua espera!

Critérios de seleção:

Informações:

Os/as candidatos/as devem entregar, até dia 11 de junho, o currículo nos Ecos Urbanos - Avenida Dr. Renato Araújo, 441, 1º, 3700-244 S. João da Madeira ou enviar por email para: geral@ecosurbanos.pt, com a referência – Monitor/a Ecos Urbanos 2023

Para mais informações contactar: 256824532  e/ou 969849744 (das 9h às 12h 30m e das 14h às 17h 30m)

Apoios:
Câmara Municipal de S. João da Madeira, Junta de Freguesia de S. João da Madeira, Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., Agrupamento de Escolas João da Silva Correia e Banco Local de Voluntariado de S. João da Madeira (BLVSJM)

* CAMPO de FÉRIAS, não residencial, com registo n.º 98, concedido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P em 19/06/2013, em conformidade com o Art.º 5 do Decreto-lei nº 32/2011, de 7 de março

Os Ecos Urbanos foram desafiados pela FNAJ - Federação Nacional das Associações Juvenis para participar nas Comemorações Oficiais do DAJ, no dia 30 de abril, às 11h, na Pousada de Juventude de Espinho, tendo contado com a Presença do Secretário de Estado daJuventude e do Desporto e com a Ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, com o mote “O Associativismo das Causas”.

As comemorações do Dia do Associativismo Jovem 2023 têm como intuito reconhecer o papel preponderante das novas gerações e das associações juvenis na sociedade, que assumem o compromisso de mudar o mundo à sua volta, enquanto escolas de cidadania, voluntariado e liderança jovem.

O nossa Oficina de Artistas levou a “palco” uma cena da peça “Mulherzinhas”, de, Louisa May Alcott , um clássico feminista que reflete o conflito entre obrigação social e liberdade pessoal e artística da mulher do século XIX.

E a surpresa, reservem já o dia 30 de junho, a peça terá a estreia na Casa da Criatividade. 

A Cultura Conjunta, projeto promovido pela associação, em parceria com a Junta de Freguesia de S. João da Madeira e a Câmara Municipal de S. João da Madeira, e que tem como objetivo a inclusão social através do acesso à cultura, vai ao Teatro Nacional S. João (Porto) assistir ao espetáculo COSMOS (teatro) de Cleo Diária, Isabél Zuaa, Nádia Yracema, no próximo dia 12 Maio, sexta-feira, às 21h, convidando para o efeito a Assembleia Municipal Jovem S. João da Madeira, para nos acompanhar.

“A primeira imagem do espetáculo é a de um embondeiro de onde pendem três corpos, que poderiam remeter-nos para fotografias de linchamentos de afro-americanos nos EUA.
Mas para Cleo Diára, Isabél Zuaa e Nádia Yracema, estes são “corpos a nascer, a renascer, a curarem-se, a religaram-se, individual e coletivamente”.
Em Cosmos, segunda parte de uma trilogia em construção, as atrizes e encenadoras apropriam-se de “imagens repetidas na História de tantas maneiras trágicas” e atribuem-lhes novos significados.
Uma epopeia onde o tempo e o espaço se confundem, dando origem a uma sobreposição de acontecimentos reais e/ou ficcionais. Através do resgate da mitologia africana e da sua mistura com mitos europeus, Cosmos projeta-se num horizonte afro-futurista, enquanto questiona se somos apenas frutos das histórias que nos contam. Nesta viagem, será impossível não questionar a humanidade e o caminho percorrido até aos dias de hoje. Uma jornada de onde emergem diferentes futuros possíveis.”

Informações:

“Jardim: só as tuas mãos trazem os frutos”

Foi o mote da apresentação dos Ecos Urbanos na Peregrinação Poética, um dos principais eventos da programação da edição deste ano da Poesia à Mesa, toda dedicada ao centenário do nascimento do poeta Eugénio de Andrade.

Dia 11 de março, estivemos no Centro de Arte Oliva, na 3.ª estação da Peregrinação Poética com a estreia do Grupo de Dança da associação, acompanhado pelas técnicas de Dança Contemporânea e Expressão Criativa – Ana Nunes e Renata Silva.

O nosso Grupo de Dança é constituído pelas jovens intérpretes: Emily Cerejeira, Inês Correia, Lara Gonçalves, Sofia Jesus, Kataleya Barros, Leonor Silva, Bianca Silva, Bruna Ferreira, Luana Pinho, Lara Pinho, Yara pinho e Carina Pinho.

A apresentação e selecção dos poemas contou ainda com o talento e trabalho de três artistas que estão ligados aos Ecos Urbanos desde o início da Oficina de Artistas: Santiago Mateus na encenação e voz, Gabriela Silva, voz e ukulele e a Joana Silva na voz.

Na produção: Inês Bastos e Maria João Leite, com o apoio da voluntária, Juliana Leça.

Ficam os registos da nossa actuação, dando os devidos créditos ao fotógrafo João Rita, da organização.

Deixamos o nosso agradecimento ao Paulo Condessa, Carla Relva, Patrícia Correia, Mastersom, Centro de Arte Oliva e Biblioteca Municipal de São João da Madeira por todo o cuidado.

Por fim lembramos que a Poesia à Mesa decorre até dia 21 de março de 2023, com a Poesia na Corda, concurso de poesia para tod@s, apelando à participação até ao final do dia de hoje.

CULTURA CONJUNTA VAI À FÁBRICA IDEIAS NA GAFANHA DA NAZARÉ

Nesta saída cultural propomos uma viagem até à Fábrica Ideias (Gafanha da Nazaré) para assistirmos a duas peças numa noite - Criações comissionadas pelo projeto Terra Batida para o Alkantara Festival.

A primeira, é RASANTE de Joana Levi, uma performance que se desenrola como um jogo, “em que o sedimento das fronteiras hierárquicas estabelecidas entre “Humano” e “Animal” aparece como máquina replicadora de relações coloniais, racionalistas e supremacistas, que não cessam de entulhar e aterrar o presente do futuro.”

A segunda é ALL YOU NEED IS PLANKTON de Vera Mantero - Uma performance conferência “para estimular a consciência em torno de uma ecologia interior e colectiva, a percepção do que são crimes ambientais e a função dos direitos da natureza. Um formato estranho como o fundo do mar, envolvendo justiça restaurativa, performance, sexo entre baleias, rituais, participação, silêncio e um contrato com o mar.”

Propomos portanto uma imersão no pensamento ecológico.

A Cultura Conjunta é um projeto em parceria com a Junta de Freguesia de S. João da Madeira e a Câmara Municipal de S. João da Madeira. Tem como objetivo a inclusão social através do acesso à cultura e a instituição convidada desta saída é o grupo EcosAção

Informações:

O Concurso POESIA NA CORDA é uma iniciativa conjunta da Associação de Jovens Ecos Urbanos e da Biblioteca Municipal de S. João da Madeira no âmbito do Festival Literário POESIA À MESA, promovido pela Câmara Municipal de S. João da Madeira e tem por objetivo incentivar o gosto pela poesia e pela escrita criativa.

Este ano, o habitual “estendal” de poemas com papel e molas será colocado no espaço público – Praça Luís Ribeiro, Centro Comercial 8.ª avenida e Biblioteca da Junta de Freguesia em Fundo de Vila, onde os poemas poderão ser colocados nos estendais, pois serão recolhidos diariamente.

Haverá ainda a possibilidade de participação, colocando os poemas, devidamente identificados (com nome, idade, contacto, título do poema) na caixa de correio da Biblioteca Municipal ou poderão ser enviados por email, para: geral@ecosurbanos.pt ou bibliotecamunicipal@cm-sjm.pt com o assunto: POESIA NA CORDA 2022 .

O concurso encontra-se aberto a todos os interessados e o tema é livre.
Categorias:

Paralelamente este concurso decorrerá nas escolas de S. João da Madeira, através da Rede de Bibliotecas Escolares. Nas categorias Poemas Criança e Poemas Gaiatos, os poemas deverão ser enviados por email, para: bibliotecamunicipal@cm-sjm.pt ou geral@ecosurbanos.pt com o assunto: POESIA NA CORDA 2022 e com a identificação da Escola, da turma e nome da professora responsável, ou entrega presencial na Biblioteca Municipal.

Os poemas distinguidos neste concurso, serão publicados nos seguintes endereços:
Ecos Urbanos: www.ecosurbanos.pt
Biblioteca Municipal: https://biblioteca.cm-sjm.pt/
Poesia à Mesa: http://poesiaamesa.blogspot.com/
Rede de Bibliotecas Escolares: http://sementesdosaber.blogspot.com/

Regulamento Poesia na Corda 2022AQUI 

 

Instituição Particular de Solidariedade Social
© 2023 Ecos Urbanos - WebDesign by ¬ CASH
envelopephonemap-markersmartphone linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram